Qual a importância de manter o exame preventivo em dia?

Qual a importância de manter o exame preventivo em dia?

Mesmo na sociedade contemporânea, tratar da saúde feminina ainda é visto como tabu por muita gente. É importante manter os exames em dia para garantir que organismo está saudável, e sejam preparadas e certas do que fazer diante de quadros onde há risco potencial para o organismo. A informação é sempre o melhor remédio.
Ao falar de saúde feminina, é impossível não falar de preventivo – exame que deveria fazer parte da rotina médica de toda mulher, para que diversas complicações sejam evitadas. Infelizmente, muitas mulheres ainda não tem consciência da importância do preventivo e acabam negligenciando sua regularidade, o que abre margens para graves problemas de saúde que poderiam ser resolvidos caso o acompanhamento fosse rotineiro.
A fim de informar sobre a saúde da mulher, preparamos um conteúdo a respeito do exame preventivo para você tirar suas dúvidas e entender sua importância:

O que é?

Também conhecido como Papanicolau, o preventivo é um exame realizado no próprio consultório ginecológico, onde se é coletada uma amostra do material do colo do útero a fim de analisar a natureza das células – e, eventualmente, detectar a presença de alterações. A coleta é rápida, indolor e simples, podendo causar leve desconforto nos casos onde a mulher tem dificuldade para relaxar a musculatura. Para realização do exame, é necessário que a mulher não esteja em seu período menstrual, pois o sangue pode atrapalhar na análise celular. Mulheres grávidas podem realizar o preventivo sem danos ao bebê.

Qual a importância?

O exame preventivo atua no diagnóstico de uma série de irregularidades no aspecto das células do colo uterino. Este exame é tido pelos médicos como a principal estratégia para se obter o diagnóstico precoce de lesões cancerígenas no colo do útero, antes mesmo que o quadro evolua o suficiente para externar sintomas notáveis. Quando as chamadas lesões precursoras (que antecedem o aparecimento efetivo da doença) são detectadas, as chances de cura do quadro são de 100%. Esta é a principal razão pela qual a regularidade do exame preventivo é tão importante: ele é capaz de poupar mulheres de passar por todo o desgaste físico e emocional da luta contra o câncer, proporcionando maiores chances de um tratamento de sucesso.
Além da detecção do câncer de colo de útero ainda na fase pré-clínica (sem sintomas), o exame Papanicolau auxilia no diagnóstico de outras questões, como:
Alterações no colo do útero ocasionadas pelo HPV (lesões internas);
Infecções e inflamações vaginais;
Doenças sexualmente transmissíveis que não manifestam sintomas externos.

Quem deve fazer?

Todas as mulheres com vida sexual ativa devem realizar o exame preventivo periódico ao menos uma vez ao ano – em especial, as mulheres entre a faixa etária dos 25 aos 59 anos. Caso o resultado do exame assinale qualquer irregularidade, o preventivo deve passar a ser feito de seis em seis meses, para acompanhamento mais rígido do quadro.
Muitas mulheres ainda relutam por adotar o exame preventivo como procedimento de rotina, seja por vergonha ou por medo. É necessário lembrar-se do benefício imenso que ele significa para a saúde, e que através dele é possível minimizar as chances de problemas drásticos no futuro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *